Covid-19

Trinta e nove alunos da CESPU em quarentena testaram negativo ao coronavírus

Trinta e nove alunos da CESPU em quarentena testaram negativo ao coronavírus

Deram negativo os resultados dos testes ao coronavírus realizados aos 39 alunos de duas turmas de Fisioterapia da Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), em Gandra, Paredes, que foram colocados de quarentena após contacto com uma aluna infetada com o vírus.

O primeiro caso, de uma aluna francesa, foi confirmado na passada semana, durante um procedimento adotado pela cooperativa, para que os alunos possam ter acesso às aulas presenciais, que estão atualmente reduzidas a duas turmas a cada quinze dias.

Depois, foram identificados 19 colegas da aluna, que estiveram em contacto direto com a mesma, no exterior do campus universitário. Por precaução, a CESPU decidiu colocar em quarentena um total de trinta e nove alunos, de duas turmas, que tiveram contactos entre si.

Apesar de assintomáticos, os alunos foram sujeitos a testes de despistagem, tendo todos testando negativo.

A aluna infetada continua em isolamento, assintomática e vai realizar novo teste ainda esta semana.

"Estes alunos irão regressar brevemente à sua atividade letiva com toda a segurança e normalidade, continuando a CESPU a manter toda a atenção no cumprimento das medidas de proteção individual que se encontram em vigor dentro das instalações e sempre que necessário continuará a tomar toda e qualquer medida de prevenção", afiançou a cooperativa.

Outras Notícias