Coronavírus

Bombeiros de Penafiel lançam "taxa Covid" para pagar equipamento individual

Bombeiros de Penafiel lançam "taxa Covid" para pagar equipamento individual

Os Bombeiros Voluntários de Penafiel vão passar a aplicar uma "taxa Covid" para transportes que não sejam considerados uma emergência. Este valor será destinado, exclusivamente, para a aquisição de equipamento de proteção individual.

A partir de agora, todos os transportes particulares, sem critérios de emergência (retornos do hospital para casa, saídas que não são classificadas pelo CODU como emergência, entre outras) que sejam realizados pelos Bombeiros Voluntários de Penafiel, terão um custo de 20 euros (10 euros para sócios da instituição), verba que será utilizada unicamente em equipamento de proteção individual.

Esta medida foi anunciada pela corporação, numa altura em que, face à atual fase de mitigação emitida pela Direção Geral de Saúde, todos os utentes são considerados como suspeitos relativamente ao novo coronavírus. "É prioritário que se garanta a segurança dos doentes e dos operacionais, e neste momento, estamos a gastar mais equipamento individual e os valores do mesmo tem sido inflacionado", afirmou ao JN Alexandre Alves, comandante da corporação da cidade de Penafiel.

A "taxa ​​​​​​​Covid", um valor que acresce ao habitual custo do quilómetro (60 cêntimos para não sócios e 30 cêntimos para sócios", estará em vigor durante esta fase de mitigação e não se aplica às situações de emergência. "Continuaremos a responder a todas as situações de emergência (via 112), como temos feito até à data, sendo que nestas situações não existe qualquer encargo para o utente", explicou o comandante, apelando a que "em caso de emergência, liguem 112, caso a situação não justifique o envio de ambulância de emergência pelo INEM, devem usar o transporte de ambulância em último recurso, minimizando assim o risco de exposição dos nossos operacionais".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG