Premium

Os cinco Sousas de Penafiel que derrotaram a covid-19

Os cinco Sousas de Penafiel que derrotaram a covid-19

Duas irmãs estiveram ventiladas nos cuidados intensivos e temeu-se o pior. Uma só voltou a casa 80 dias depois. A primeira a ser infetada foi a sobrinha enfermeira.

Uma família de Fonte Arcada, Penafiel, viveu dias de angústia e medo. Ao todo cinco pessoas ficaram infetadas com a covid-19 e duas delas estiveram ventiladas nos cuidados intensivos. Valeu-lhes a esperança e os bons cuidados médicos. Todos sobreviveram. Agora dão a cara com um sorriso para lembrar que todo o cuidado é pouco: "Aqui correu bem, mas há casos em que não corre".

Foi logo em março que o "bicho", como lhe chamam os quatro irmãos e a sobrinha/filha, lhes entrou pela porta. Apesar de todos os equipamentos de proteção, e de não estar numa zona dedicada a doentes covid-19, Inês Sousa, enfermeira no Hospital de São João, no Porto, acabou infetada por uma paciente que só ao terceiro teste deu positivo.