O Jogo ao Vivo

Penafiel

Residência universitária vai custar um milhão de euros

Residência universitária vai custar um milhão de euros

Uma residência universitária para estudantes do Ensino Superior vai nascer em Penafiel. O anúncio foi feito pela Câmara que conseguiu captar um milhão de euros, (através dos fundos comunitários do PRR) para a construção deste equipamento que terá 13 quartos duplos e 4 quartos individuais e capacidade para acolher 32 estudantes.

A residência universitária, que vai ficar na rua de Alfredo Pereira, em pleno centro histórico da cidade, terá 13 quartos duplos e quatro quartos individuais, com capacidade para acolher 32 estudantes e espera-se que esteja concluída até ao final do ano de 2024.

"Fixar os nossos jovens estudantes em Penafiel e proporcionar mais e melhores condições de acesso ao ensino superior tem sido uma das prioridades das políticas municipais. A tendência de aumento dos preços no mercado imobiliário de arrendamento é especialmente preocupante para os estudantes bolseiros do ensino superior", referiu Antonino de Sousa, presidente da autarquia de Penafiel, acrescentando que, nesse sentido, a Câmara entendeu construir esta residência universitária "para garantir alojamento aos estudantes a custos acessíveis e para apoiar os alunos em situação económica e social mais vulnerável."

PUB

Segundo o autarca, "a proximidade às instituições de ensino superior da cidade", caso do ISCE DOURO- Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro e a CESPU - IINFACTS - Instituto de Investigação e Formação Avançada em Ciências e Tecnologias da Saúde, "permite a deslocação dos estudantes a pé, sem necessidade de recorrer a meios de transporte privados, prevenindo o impacto financeiro e ambiental".

Esta nova residência universitária, além de permitir a reabilitação de um imóvel do centro histórico, que se encontrava devoluto, vai ainda "reforçar a dinâmica social e económica local, contribuindo, assim, para a regeneração urbana da rua de Alfredo Pereira e da zona envolvente".

"O edifício terá vários espaços de utilização coletiva como uma sala de estudo, um espaço para refeições e uma sala de convívio. Os residentes terão ainda ao seu dispor uma lavandaria e todos os serviços necessários para o seu conforto", concluiu Antonino de Sousa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG