Exclusivo

Acampamento de droga provoca insegurança no Porto

Acampamento de droga provoca insegurança no Porto

Dezenas de toxicodependentes vivem em tendas na zona Fluvial/Pasteleira, no Porto. População fala em roubos constantes. Sala de chuto ainda por abrir.

À primeira vista, parece uma zona campista ou o acampamento de um normal festival de verão, mas é o abrigo de dezenas de toxicodependentes que, com a criação da primeira sala de consumo assistido do Porto, ainda por abrir, deixaram a Viela dos Mortos e instalaram-se ali, junto à Rua de Diogo Botelho. A população das urbanizações em redor anda assustada e fala em roubos diários, em insalubridade e teme pela sua segurança.

"Esta malta estava inicialmente no antigo Bairro do Aleixo, depois foram para junto do muro de Serralves, na Pasteleira, e agora estão aqui. Tudo o que apanham levam. Roubam no interior de viaturas e a pessoas quando as apanham distraídas", refere José Aguiar, que reside nas Condominhas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG