Intervenção

Câmara do Porto vai estabilizar escarpa da Arrábida

Alfredo Teixeira

Intervenção está a cargo da GO Porto, vai custar 583 mil euros e ficará concluída em janeiro de 2023

Foto Igor Martins/global Imagens

A Câmara do Porto vai realizar obras para estabilizar a escarpa da Arrábida. A intervenção surge após o aparecimento de sinais de descompressão do maciço rochoso e de erosão superficial.

A Câmara do Porto vai avançar com a estabilização do talude da Arrábida que contempla a intervenção em duas zonas do talude rochoso, localizado junto à ponte da Arrábida, na margem norte do rio Douro, freguesia de Lordelo do Ouro e Massarelos.

Segundo o portal da autarquia na internet, na empreitada, a cargo da empresa municipal GO Porto, está incluída a limpeza e desmatação profundas da escarpa, a remoção de blocos rochosos isolados, o recalcamento e enchimento de blocos instáveis, a drenagem efetiva do maciço rochoso e a aplicação de rede metálica, com painéis de cabo de aço e pregagens.

A autarquia diz que os trabalhos, validados pela Proteção Civil, surgem na sequência da apresentação de sinais de descompressão do maciço e erosão superficial.

A obra corresponde a um investimento municipal de 583 mil euros e deverá terminar em janeiro de 2023.

Relacionadas