Campanha

Estes cães são para adoção e entraram em jogo no Salgueiros

Almiro Ferreira

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

Cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção"|

 foto Ivo Pereira / Global Imagens

S. C. Salgueiros e Centro de Recolha Oficial de Animais do Porto entram em campo pela proteção e adoção consciente dos fiéis companheiros.

A equipa de futebol do S.C. Salgueiros entrou em campo com 22, em flagrante afronta aos regulamentos da FIFA, mas, mesmo derrotado e goleado (4-0), o Gouveia, adversário do histórico clube portuense na 12.ª jornada da Série C do Campeonato de Portugal, não só não protestou o jogo como aceitou com "fair play" e até aplaudiu a campanha em prol da proteção e adoção de animais, decorrida, este domingo, no Complexo Desportivo de Campanhã.

Se foi ou não decalcada de outra decorrida recentemente em Inglaterra, quando os jogadores do Liverpool e do Manchester City subiram ao relvado na companhia de um fiel companheiro canino, em campanha da Premier League pela proteção dos direitos dos animais, a iniciativa do S.C. Salgueiros não ficou atrás, nos meios e, sobretudo nos fins.

Ao popular emblema do Porto, inquilino do Complexo Desportivo Municipal de Campanhã, ocorreu-lhe tomar iniciativa semelhante, e convidar um vizinho, o Centro de Recolha Oficial de Animais (CROA), a participar na sensibilização para a causa dos animais.

A conciliação de interesses convergiu na ação verificada antes do jogo. Ao colo ou pela trela, dependendo do porte ou do feitio dos animais, cada jogador do Salgueiros entrou em campo na companhia de "Um cão para adopção", como foi nomeada a campanha.

O binómio carregou-se de todo o simbolismo, a que o próprio S.C. Salgueiros já tratara de aderir, pois perfilhou um belo animal, que faz as delícias de todos os salgueiristas, adeptos, jogadores, treinadores ou dirigentes. "Chicão", como foi baptizado o pastor Serra da Estrela, tornou-se numa mascote do clube. "E também é o nosso segurança", disse ao JN o diretor desportivo do Salgueiros, que enalteceu a colaboração do CROA e a adesão popular dos salgueiristas. "Por aqui também se vê como o Salgueiros é o clube do povo", observou Miguel Silva.

Lotação esgotada

"É uma iniciativa muita positiva do Salgueiros, que muito nos agrada, porque temos no CROA animais disponíveis para adoção. É uma boa maneira de sensibilizar a população para a adoção, antes de se comprar um animal", disse ao JN o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Filipe Araújo.

"Estamos com lotação esgotada e daí também a importância desta ação, para adoção responsável e consciente", concluiu Nuno Pereira, chefe do Gabinete de Saúde Pública e Bem-Estar Animal da Câmara Municipal do Porto.

Duas centenas de "quartos"

O CROA funciona desde abril de 2020, em Campanhã, no Porto. Tem todas as condições para acolhimento e promove o bem-estar e a adoção de animais. Dispõe de 220 boxes, bloco cirúrgico para esterilização, sala de enfermagem para tratamento e acompanhamento clínico dos animais alojados, zonas de exercício e sociabilização e uma área de tosquia e higienização.

310 animais adoptados em 2021

Durante o ano de 2021 foram perfilhados no CROA 154 cães e 156 gatos (310 animais), sempre com especial relevância para a adoção responsável, por forma a mitigar as devoluções de animais. Mais do que adotar animais, o centro considera muito importante sensibilizar a população para a responsabilidade do ato de adoção de animais.