Premium

Antigo colégio Garrett pode ser um novo hotel

Antigo colégio Garrett pode ser um novo hotel

A venda suscitou a polémica entre as forças políticas representadas na Autarquia portuense quando a Universidade do Porto resolveu, há quase três anos, vender o antigo Colégio Almeida Garrett.

A Câmara do Porto não exerceu o direito de preferência, mas a intenção dos novos proprietários em preservar o imóvel e de transformar o interior em apartamentos sossegou a opinião pública. O antigo colégio terá contudo mudado de mãos e agora uma empresa britânica quer ali instalar uma unidade hoteleira.

Na Câmara de Porto existem dois pedidos em apreciação. Um de licenciamento para habitação, que aguarda pela apresentação de todos os projetos de especialidade, tendo já sido aprovado o projeto de arquitetura. E um pedido de informação prévia (PIP) para instalação de uma unidade hoteleira de três estrelas com 240 quartos, e de habitação no edifício a reabilitar na frente urbana da travessa de Cedofeita, com oito fogos de tipologia T0. De acordo com a Autarquia, "o processo ainda se encontra a decorrer, não havendo ainda uma proposta de decisão".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG