Eixo Atlântico

Apelos a trégua entre o Porto e Vigo multiplicam-se

Apelos a trégua entre o Porto e Vigo multiplicam-se

Depois de o presidente do Eixo Atlântico se ter disponibilizado para mediar um encontro entre Rui Moreira e Abel Caballero, dois outros responsáveis dos dois lados da fronteira vieram a público pedir uma trégua.

A meio desta tarde, o presidente da Câmara de Gaia Eduardo Vítor Rodrigues veio a público dizer que o Norte de Portugal e a Galiza "não podem estar de costas voltadas", pelo que é preciso "arrefecer o clima" entre Porto e Vigo, disse citado pela Lusa. "A luta pela manutenção da TAP e pelo reforço do aeroporto Francisco Sá Carneiro é uma luta justa e que vale a pena ter", acrescentou.

Ao início da noite, na Galiza, o presidente do Parlamento regional galego também apelou a um entendimento. Segundo o "La Voz de Gacilia", Miguel Santalices dirigiu-se ao autarca de Vigo pedindo-lhe que "componha tudo, por se não perdemos todos". Apelou ainda a Caballero para que não abandone o Eixo Atlântico, a organização que reúne todos os autarcas da eurorregião Norte de Portugal-Galiza.

Já antes o presidente da Câmara de Braga e do Eixo Atlântico, Ricardo Rio, tinha-se disponibilizado para mediar um encontro entre os dois autarcas, considerando que a disputa desvia atenções do facto de a TAP querer suspender quatro rotas a partir do Porto e criar uma ponte aérea com Lisboa.

A disputa entre os dois autarcas está relacionada com declarações de Rui Moreira à "Visão", consideradas ofensivas por Abel Caballero.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG