Mobilidade

Área Metropolitana do Porto garante oferta de transporte próxima do atual

Área Metropolitana do Porto garante oferta de transporte próxima do atual

A Área Metropolitana do Porto assegurou, esta sexta-feira, que está garantido um nível de oferta de transporte "próximo do atual" durante o período de confinamento que vigora até 30 de janeiro.

"Para o período de confinamento que vigora até 30 de janeiro, e uma vez que se mantêm as escolas em funcionamento, a AMP continuará a garantir um nível de oferta próximo do atual, que se tem revelado ajustado às necessidades dos passageiros e ao cumprimento das regras de prevenção do contágio por covid-19", indicou aquela entidade.

Em resposta à Lusa, a AMP sublinha que tem vindo, desde o início da pandemia, a emitir instruções aos operadores de transporte público de forma a assegurar, em cada momento, um nível de serviço adequado às necessidades dos passageiros, garantindo o reforço da oferta e o financiamento aos operadores.

Nesse sentido, desde o início do ano escolar a AMP determinou um nível de oferta correspondente a 100% do período homólogo anterior à pandemia, oferta que tem sido reforçada sempre que necessário, em função dos limites de lotação das viaturas em vigor e do desfasamento de horários das atividades letivas.

A STCP anunciou hoje que vai reduzir a oferta em cerca de 12% nos dias úteis a partir de segunda-feira, sendo que a operação dos elétricos históricos já se encontra suspensa. Já a operação de metro na Área Metropolitana do Porto vai manter-se inalterada, não havendo diminuição de frequências, nem de capacidade na sequência do novo período de confinamento, indicou hoje a empresa. Numa resposta à Lusa, a Metro do Porto explica que a procura que se tem vindo a registar "mantém-se abaixo do limite de lotação de dois/terços da capacidade total", razão pela qual a operação se mantém "inalterada".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG