Exclusivo

ATL em quatro bairros do Porto com futuro incerto

ATL em quatro bairros do Porto com futuro incerto

Obra Diocesana anunciou em junho fecho daquelas valências, que só foi evitado graças a apoio extraordinário da Câmara. Mas dinheiro é apenas para um ano letivo. Não há garantias de continuidade.

O futuro de quatro ATL da Obra Diocesana de Promoção Social (ODPS) em bairros do Porto continua incerto. Um financiamento extraordinário de 100 mil euros por parte da Câmara do Porto garantiu a continuidade dos espaços, que servem mais de 140 crianças, neste ano letivo. Mas o apoio não é renovável, pelo que só uma melhoria das condições financeiras da instituição permitirá evitar aquilo que chegou a ser anunciado em junho: o encerramento dos quatro ATL nos bairros do Lagarteiro, do Regado, da Fonte da Moura e de S. Roque.

A atravessar "uma fase de elevadas dificuldades financeiras, que compromete a sua sustentabilidade a curto prazo", a instituição chegou em junho a anunciar o fecho destas valências, que só se mantêm graças ao apoio extra da Câmara do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG