Bairro Aleixo

Bairro do Aleixo vai todo abaixo

Bairro do Aleixo vai todo abaixo

Injeção de dinheiro por parte da Mota-Engil e da Câmara do Porto permite dar liquidez ao fundo imobiliário Invesurb e concretizar a operação que levará à demoliçáo das três torres que restam no bairro do Aleixo.

O fundo imobiliário do Bairro do Aleixo vai receber uma injeção de quatro milhões de euros em dinheiro. O novo acionista, Mota-Engil, vai entrar com dois milhões, e a Câmara do Porto vai substituir a sua participação em espécie (terrenos na Rua da Quinta, na Foz do Douro) por 2,16 milhões de euros. A operação garantirá em definitivo liquidez ao fundo imobiliário, permitindo assim a construção das casas sociais previstas no acordo inicial e a demolição das três torres que ainda restam no Aleixo.

Ler mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG