Exclusivo

Bebés que chegam antes do tempo e são lutadores após o nascimento

Bebés que chegam antes do tempo e são lutadores após o nascimento

No Hospital de São João, no Porto, já houve mais de 200 nascimentos prematuros este ano. A história de cinco "guerreiros" que acabaram a gestação numa incubadora e conseguiram vencer a "batalha da prematuridade".

Lidar com um nascimento prematuro é a realidade de diversas mães que, no momento da gravidez, preferem não falar no assunto, confirmando o que a maioria opta por pensar: "É algo que nunca nos vai acontecer a nós".

Quem o disse foi Antonieta Couto que, há cinco anos, foi surpreendida pelos desafios da prematuridade quando foi mãe de Tiago, que nasceu com 33 semanas. "É algo que não esquecemos, mas que nos faz querer ajudar outros casos idênticos", disse Antonieta, que decidiu juntar-se à XXS-Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG