Porto

Bom Sucesso legal sem custos para proprietários

Bom Sucesso legal sem custos para proprietários

A Câmara do Porto vai salvar o centro comercial do Bom Sucesso da demolição, decretada duas vezes pelo Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto, sem que os proprietários do imóvel tenham de desembolsar um euro. A legalização será feita de borla.

O Município retém apenas 1,28 milhões de euros que recebeu há 21 anos, quando, ilegalmente e a cinco meses de o shopping abrir, deu aval à obra da construtora Soares da Costa.

A legalização não terá custos adicionais para os atuais promotores, que são proprietários do Hotel Fénix Porto, do centro comercial e de várias frações no edifício, se a proposta do vereador do Urbanismo, Manuel Correia Fernandes, for aceite pelo Executivo na próxima reunião de Câmara (terça-feira). Os serviços do Urbanismo fizeram as contas e concluíram que os proprietários teriam de pagar 2,448 milhões de euros para tornar legal o complexo e, assim, evitar a demolição sentenciada pela Justiça.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.