Porto

Bruxelas propõe 2,3 milhões para via navegável do Douro

Bruxelas propõe 2,3 milhões para via navegável do Douro

A Comissão Europeia propôs um cofinanciamento de 2,3 milhões de euros para o projeto da via navegável do Douro 2020.

No total, Bruxelas propôs afetar 13,1 mil milhões de euros de verbas da União Europeia (UE) a 276 projetos no domínio dos transportes, selecionados no quadro dos primeiros convites à apresentação de propostas no âmbito do Mecanismo Interligar a Europa (MIE).

Este investimento permitirá libertar um cofinanciamento suplementar, público e privado, num montante total de 28,8 mil milhões de euros.

A verba de 2,3 milhões de euros para o projeto da via navegável do Douro destina-se à fase de estudos, que deverá decorrer até 2017, segundo as previsões do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, que avançou com o projeto.

De acordo com Bruxelas, paralelamente ao futuro Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE, conhecido como 'Plano Juncker'), o MIE irá desempenhar um papel preponderante para retificar o défice de investimento na Europa.

A decisão de financiamento proposta deve em seguida ser formalmente adotada pelo Comité do Mecanismo Interligar a Europa, que se reunirá em 10 de julho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG