Travessia

Câmara do Porto adia contrato para nova ponte

Câmara do Porto adia contrato para nova ponte

A Câmara do Porto adiou a assinatura do contrato para o lançamento do concurso público relativo à conceção e construção da nova ponte sobre o rio Douro, batizada com o nome do antigo bispo D. António Francisco dos Santos. A decisão surge na sequência de dúvidas levantadas pela oposição.

Os vereadores da oposição manifestaram-se surpreendidos pelas mudanças no projeto originalmente apresentado em 2018. Perante tantas reservas, a maioria independente retirou a proposta, que será levada outra vez ao Executivo dentro de 15 dias, numa reunião dedicada ao Plano Diretor Municipal (PDM). Aliás, a nova travessia entre a Avenida Paiva Couceiro (marginal do Porto) e a zona de Quebrantões, em Gaia, já consta desse documento.

Ao contrário do que aconteceu na reunião da Câmara do Porto, em Gaia o Executivo aprovou o lançamento do concurso para a conceção e construção da ponte.

Cancela Moura, do PSD, abordou a derrapagem dos custos do projeto - o orçamento atual aponta para uma fatura de 36,9 milhões, acessos incluídos - mas a proposta foi aprovada.

A conclusão da nova ponte está prevista para agosto de 2025.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG