Urbanismo

Câmara do Porto lança concurso para reabilitar bairro do Cerco

Câmara do Porto lança concurso para reabilitar bairro do Cerco

A Câmara do Porto quer reabilitar 12 blocos do bairro do Cerco por 6,1 milhões de euros em cerca de dois anos e meio (780 dias), revela esta segunda-feira o anúncio do lançamento do concurso público da empreitada.

Publicado no Diário da República, o procedimento vai ficar a cargo da empresa municipal de Habitação, Domus Social, e fixa em 6,1 milhões de euros o "valor base" do contrato de "reabilitação/remodelação dos edifícios 1, 2, 3, 7, 8, 10, 16, 17, 19, 20, 31 e 32 do bairro do Cerco do Porto".

As propostas para recuperar estes 12 dos 34 blocos do bairro do Cerco, situado na freguesia de Campanhã, devem ser apresentadas no prazo de cerca de 30 dias.

De acordo com a "Caracterização Socioeconómica e Demográfica" da empresa Domus Social, publicada na Internet, o bairro do Cerco é, com 892 casas, o segundo com maior quantidade de fogos na lista dos 49 conjuntos de habitação social do Porto.

Ainda segundo a página da Internet da Domus Social, o bairro do Cerco foi construído em 1963 e ampliado em 1991.

"É constituído por 892 fogos, distribuídos por 34 blocos", acrescenta.

PUB

De acordo com a Domus Social, na primeira fase de construção edificaram-se 32 blocos e 804 habitações, contemplando a segunda fase dois blocos com 88 casas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG