Confinamento

Câmara do Porto suspende estacionamento pago na Foz

Câmara do Porto suspende estacionamento pago na Foz

O pagamento do estacionamento na via pública na Foz do Douro, no Porto, fica suspenso a partir de segunda-feira, mas continua a ser cobrado nas zonas mais centrais da cidade e no Pólo Universitário da Asprela. No entanto, todos os moradores que aguardam emissão de avença ou cujos pedidos foram recusados por falta de quota, estão autorizados a usar as zonas de estacionamento concessionadas.

Esta medida irá abranger todas as zonas de estacionamento concessionadas e permanecerá ativa durante o dever de recolhimento obrigatório, que se iniciou esta sexta-feira. No primeiro confinamento, o pagamento de estacionamento na via pública foi suspenso na totalidade.

A Câmara do Porto informa, através da sua página oficial, que está a contactar "todos os avençados que não apresentaram o pedido de renovação de avença até 15 de dezembro, no sentido de permitir excecionalmente a sua renovação a todos os que ainda o pretendam tendo criado um formulário para o efeito que se encontra disponível no Balcão de Atendimento Virtual".

A Autarquia esclarece ainda que o pagamento do estacionamento à superfície "continuará a ser cobrado nas zonas mais centrais da cidade e no Pólo Universitário da Asprela, onde a presença de atividades e serviços que se mantêm abertos é mais expressiva".

Para a zona da Foz, Aviz e Pinheiro Manso, onde a operação é municipal, o pagamento do estacionamento na via pública será interrompido.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG