Porto

Reaberto acesso à estação do metro do Bolhão fechado após alarme de coronavírus

Reaberto acesso à estação do metro do Bolhão fechado após alarme de coronavírus

Foi reaberto, às 16.30 horas, o acesso à estação de metro do Bolhão, pelo edifício das Camélias, no Porto, depois de se confirmar falso o alarme de um homem que dizia apresentar sintomas de coronavírus.

O homem foi encaminhado por um segurança para aquela zona, pouco movimentada, cerca das 13 horas, onde aguardou por uma ambulância.

Contactado telefonicamente pela Direção-Geral de Saúde, cerca das 16.30 horas, o passageiro foi aconselhado a ir para casa, após mais de três horas à espera, uma vez que não apresentava sintomas compatíveis com a infeção por Covid-19.

Durante este tempo, o homem ficou retido numa zona reservada daquele acesso à estação de metro do Bolhão, na rua de Fernandes Tomás, junto ao centro comercial "La Vie".

Segundo fonte da Metro do Porto, esta entrada é usada por "apenas 1% dos passageiros" que acedem à estação do Bolhão, à qual se chega, também, pela movimentada rua de Santa Catarina.

Outras Notícias