Exclusivo

Comerciantes em revolta com corte na Rua do Almada

Comerciantes em revolta com corte na Rua do Almada

Lojistas dizem que artéria da Baixa do Porto foi tapada sem aviso. Queixam-se de prejuízos avultados e admitem recorrer ao tribunal.

Na Rua do Almada, na Baixa do Porto, o sentimento é de revolta por causa das obras de construção da futura Estação de S. Bento/Liberdade da nova linha Rosa do metro. Ontem, a ligação daquela artéria aos Clérigos foi tapada sem aviso prévio, segundo os comerciantes, que falam em prejuízos, em falta de diálogo e de desrespeito por parte da empresa que "não quer pagar indemnizações". Um dos empresários ameaça mesmo recorrer aos tribunais.

O JN contactou a Câmara, que remeteu o assunto para a Metro. A empresa diz que os comerciantes foram avisados através de várias sessões de esclarecimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG