Autárquicas

Concelhia do PSD/Porto rejeita candidatos próximos de Rui Moreira

Concelhia do PSD/Porto rejeita candidatos próximos de Rui Moreira

A Comissão Concelhia do PSD/ Porto chumbou os nomes que o Núcleo Ocidental do Porto daquele partido apresentou como candidatos à União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos e à Junta de Freguesia de Ramalde por considerar os escolhidos elementos próximos do atual presidente da autarquia, Rui Moreira.

Foi por larga maioria que Carlos Velez, presidente da Comissão Política do Núcleo Ocidental do Porto, e Rosina Pereira, membro da Comissão Política Nacional da JSD, foram os nomes escolhidos para apresentar à Comissão Política Concelhia do PSD/Porto. Na moção de desagrado, o Núcleo Ocidental, diz que o organismo liderado por Miguel Seabra "decidiu de forma inédita" ao chumbar os nomes propostos, "sem apresentar qualquer justificação sobre o veto político, nem sobre a escolha dos novos nomes".

Todos os 16 membros da concelhia social-democrata chumbaram a designação de Carlos Velez e Rosina Pereira e apresentaram os nomes do médico Francisco Pavão e do engenheiro Francisco Carvalho para as listas de candidatos àquelas duas freguesias. "Sem pôr em causa a idoneidade dos novos nomes, a decisão torna-se ainda mais incompreensível, quando a Concelhia 'substitui' dois candidatos com trabalho autárquico de vários anos nas respetivas freguesias, por candidatos sem qualquer trabalho autárquico conhecido", lê-se na moção assinada, entre outros, pelos dois nomes do Núcleo Ocidental.

Esta "grave ofensa aos princípios da democracia" foi dada a conhecer ao candidato à Câmara do Porto pelo PSD, Vladimiro Feliz, mas a Concelhia defende-se afirmando que o que fez está de acordo com os estatutos do partido e que a opção por outros nomes, no caso de Lordelo, foi tomada por unanimidade. Relativamente a Paranhos, Rosina Pereira teve quatro votos contra e dois a favor. "Temos uma proposta política para a cidade diferente da de Rui Moreira e não fazia sentido aquela escolha", afirmou ao JN Miguel Seabra, presidente da Concelhia, que acusa os dois Carlos Velez e Rosina Pereira de "não terem marcado presença na apresentação da candidatura de Vladimiro Feliz".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG