Exclusivo

Duas rodas, zero emissões a pedalar por mil e uma boas causas

Duas rodas, zero emissões a pedalar por mil e uma boas causas

Dia Mundial da Bicicleta. Economia, ambiente e saúde pelo paradigma de transporte seguro.

A invenção que os chineses reclamam há 2500 anos, que deste lado do Mundo é atribuída a Da Vinci e a quem um ferreiro escocês introduziu os pedais, em 1839, redescobre valor estratégico, económico e ambiental, nas políticas de reordenamento dos territórios e de saúde pública. Hoje é o Dia Mundial da Bicicleta, que assinala a agenda de todos os tratados internacionais pela descarbonização e pela mobilidade suave. Por cá, também.

O Congresso Ibérico "A Bicicleta e a Cidade", que decorrerá entre esta quinta-feira e domingo, em Barcelos, relança o debate pela mobilidade sustentável e pelos méritos da bicicleta, na saúde e pela economia, em circuitos que se pretendem cada vez mais curtos, sobretudo em meios urbanos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG