Incêndio

Encontrado corpo de homem desaparecido em fogo no centro do Porto

Encontrado corpo de homem desaparecido em fogo no centro do Porto

Foi encontrado o corpo do homem que estava desaparecido na sequência de um incêndio num prédio na Baixa do Porto, este sábado de madrugada.

A vítima, de 55 anos, vivia com a mãe e dois irmãos num prédio destruído pelas chamas, no número 100 da rua Alexandre Braga, junto a uma das entradas para o Mercado do Bolhão, no centro do Porto.

O incêndio, que deflagrou cerca das 4.30 horas da manhã, destruiu a cobertura e o terceiro andar do prémio, onde vivia esta família, únicos ocupantes do edifício.

Segundo o comandante dos Sapadores do Porto, Carlos Marques, ocorreu uma explosão já depois de o fogo ser dado como extinto, ainda de madrugada, que provocou a derrocada da cobertura do prédio e do terceiro andar.

De acordo com o comandante dos Sapadores do Porto, Carlos Marques, este foi o segundo incêndio no mesmo prédio, em poucos dias. "Na semana passada houve um incêndio neste mesmo prédio, mas noutro piso", disse, não se alongando sobre as origens do sinistro.

"Compete às autoridades investigar as causas. Já está cá uma equipa da Polícia Judiciária", disse Carlos Marques.

Cinco pessoas foram assistidas no local. Os dois irmãos e a mãe do homem desaparecido, vítimas de inalação de fumos, foram transportados ao hospital de Santo António, no Porto. Já tiveram alta e estão alojados temporariamente em casa da irmã do homem desaparecido, em São Roque da Lameira, enquanto esperam por uma solução da Proteção Civil Municipal.

Um casal de vizinhos, que saiu à rua para tentar ajudar, também careceu de assistência. A mulher, que está grávida, foi encaminhada para a Maternidade Júlio Dinis, e o homem para o hospital de Santo António, ambos "por precaução", segundo Carlos Marques.

O incêndio, cujo alerta foi dado às 4.37 horas, mobilizou 39 elementos, entre Sapadores do Porto, Bombeiros Portuenses, INEM e PSP.

* com Augusto Correia