Porto

Estação de metro do Hospital de S. João reabre sexta-feira

Estação de metro do Hospital de S. João reabre sexta-feira

A estação de metro do Hospital de S. João, no Porto, fechada para obras desde setembro do ano passado, reabre na sexta-feira, dia 28. O término da linha Amarela foi, nos últimos meses, a estação do IPO.

As obras permitirão que, na Linha Amarela (S. João/Santo Ovídio, em Gaia), o serviço tenha uma frequência de cinco minutos nas horas de ponta. De acordo com o presidente da Metro do Porto, Tiago Braga, o reforço da oferta resulta dos trabalhos de colocação de agulha dupla no término do Hospital de São João, como explicou ao JN em novembro passado.

Mas o objetivo da Metro é oferecer uma frequência entre os três e os quatro minutos, algo que só será possível quando for aberta a ligação entre Santo Ovídio e Vila d'Este, em Gaia.

"Logo em janeiro vamos passar para 11 veículos a circular, em horas de ponta, em ambos os sentidos", avançou o presidente da Metro do Porto, Tiago Braga, à data.

"Estamos a fazer um reforço de atração na linha Amarela, sendo que o nosso objetivo é entre 16 a 18 veículos a circular entre o Hospital de São João e o término de Santo Ovídio [Gaia]. Esse objetivo será concretizado no momento em que abrirmos a ligação a Vila d"Este", esclareceu Tiago Braga. O prolongamento da linha Amarela deverá estar concluído no início de 2024.

Novas composições

Entretanto, e a partir de meados deste ano, começam também a chegar os novos veículos encomendados à fabricante chinesa CRRC Tangshan. De acordo com a Metro, as composições estão preparadas para servir qualquer uma das linhas de transporte.

PUB

Os novos veículos estão a ser desenvolvidos precisamente para que possam ser inseridos em toda a rede, sem exceção", frisou Tiago Braga, explicando que, "quando se coloca mais um veículo a circular numa linha, significa que há outro veículo que circulava nessa linha e que pode ir para outra".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG