O Jogo ao Vivo

Premium

Fábricas que mantêm viva a tradição industrial do Porto

Fábricas que mantêm viva a tradição industrial do Porto

No centro da cidade começam a surgir novas indústrias, que se juntam a unidades em laboração há muitos anos.

Já se fabricou quase tudo no Porto, cidade que foi fortemente industrializada e viu esse desenvolvimento atingir velocidade de cruzeiro a partir da segunda metade do século XIX, com inúmeras fábricas de diversos setores. O mais forte - refere o jornalista e historiador Germano Silva - foi na área dos tecidos. "Chamavam ao Porto a Manchester portuguesa, por causa da grande indústria de tecidos, que havia muito no Bonfim", recorda.

"Inicialmente, as fábricas estavam no centro. Na Rua da Alegria, por exemplo, havia a Fábrica de Seda Nogueira", lembra Germano, que aponta o final da Segunda Guerra Mundial como o início do declínio da indústria na Invicta. Hoje, e sob um paradigma diferente, surgem unidades de fabrico no centro, sendo algumas das mais recentes dedicadas à produção de cervejas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG