Porto

Governo não paga e Porto Vivo-SRU corre risco de extinção

Governo não paga e Porto Vivo-SRU corre risco de extinção

Tudo na mesma: a assembleia-geral da Sociedade de Reabilitação Urbana adiou para quinta-feira o seu futuro. O que está em causa? Tudo: se o Estado não pagar 2,4 milhões de euros, a SRU pode ser exterminada.

Foi com semblantes graves, que espelhavam desapontamento e descrença, que Rui Moreira, presidente da Porto Vivo - Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), e Rui Rio, autarca do Porto, saíram ontem da assembleia- -geral da SRU, que tinha um único ponto na agenda: a dívida de 2,4 milhões do Estado - que se não for saldada levará à extinção da Sociedade.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG