Exclusivo

Grupo espanhol pede avanço de concurso "encravado" nos transportes

Grupo espanhol pede avanço de concurso "encravado" nos transportes

Consórcio que venceu projeto de transporte lançado pelo Conselho Metropolitano do Porto quer que seja adjudicado.

Um dos consórcios concorrentes à prestação do serviço de transporte rodoviário de passageiros na Área Metropolitana do Porto (AMP) intentou uma ação no Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto (TAFP) para que o contrato lhe seja adjudicado. Pede que obrigue o Conselho Metropolitano do Porto (órgão deliberativo constituído pelos presidentes das 17 câmaras que integram a AMP) "retome o procedimento pré-contratual pela adjudicação do contrato" à sua proposta.

O concurso público internacional para a prestação do serviço foi lançado em 2020, dividido por redes (lotes). Na ação do consórcio espanhol Monforte e Xerpa Mobility está em causa o lote 5, que corresponde a Vale de Cambra, S. João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Feira e Arouca.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG