Estudo

Hospital S. João volta a liderar ranking da responsabilidade social

Hospital S. João volta a liderar ranking da responsabilidade social

O Hospital de S. João, no Porto, conquistou pelo segundo ano consecutivo o primeiro lugar no ranking de relevância social elaborado pela consultora OnStrategy. A pandemia pôs os hospitais e empresas ligadas ao setor da saúde no topo de uma lista que costumava ser liderada por marcas comerciais. O Hospital de Santa Maria, em Lisboa, ficou em segundo lugar, enquanto a Pfizer completa o pódio.

"Não é estranho que o setor da saúde seja o mais exposto e que as suas marcas voltem a ser as mais relevantes e melhor consideradas e avaliadas pelo esforço, dedicação e resultados da sua atividade. A pandemia veio mudar e as motivações e preocupações dos cidadãos, e nesse sentido as marcas dos outros setores de atividade têm um novo desafio sobre a forma de atuar e de serem mais relevantes sendo uma das vias a construção de pontes com o setor da saúde", refere Pedro Tavares, CEO da OnStrategy.

O estudo em causa "avalia os atributos associados à notoriedade, admiração, relevância, confiança, preferência e recomendação", relativamente ao ano de 2021. Analisando entidades de mais de 50 setores de atividade, e tendo em conta uma escala de 100 pontos, regista "17 marcas no nível de excelência (mais de 80 pontos)". Mais uma vez, as marcas associadas ao setor da saúde registam os melhores índices, situação que se verifica pelo segundo ano consecutivo e que não pode ser dissociada do cenário de pandemia.

O Hospital de S. João atingiu uma pontuação de 85,8 pontos, superando mesmo a marca de 2020, ano em que também tinha ficado em primeiro lugar, com 81,9 pontos. O Hospital de Santa Maria atingiu os 85,7 pontos e a Pfizer 85,4.

Eis o ranking das 17 entidades e marcas mais relevantes em responsabilidade social corporativa:

Hospital São João (85,8 pontos)

Hospital Santa Maria (85,7 pontos)

PUB

Pfizer (85,4 pontos)

Delta (84,9 pontos)

Cuf (84,5 pontos)

Hospital da luz (83,6 pontos)

Farmácias portuguesas (82,9 pontos)

Cruz Vermelha (82,3 pontos)

Nestlé (81,7 pontos)

Fundação Champalimaud (81,2 pontos)

Hospital São José (80,8 pontos)

Hospital Egas Moniz (80,6 pontos)

Banco Alimentar (80,5 pontos)

Lusíadas Saúde (80,5 pontos)

Santa Casa da Misericórdia (80,5 pontos)

Federação Portuguesa Futebol (80,4 pontos)

Unicef (80,2 pontos)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG