Covid-19

Hotéis do Porto com almoços de Páscoa "take away" para profissionais de saúde

Hotéis do Porto com almoços de Páscoa "take away" para profissionais de saúde

A maioria dos hotéis portugueses está encerrada devido, mas alguns estão abertos para alojar profissionais de saúde que combatem a Covid-19 e, em simultâneo, preparam almoços de Páscoa "take away" para domingo.

O Hotel Porto Palácio, localizado na Boavista, quer manter a "tradição" de preparar almoços em épocas festivas: mesmo em tempos de coronavírus, vai cumprir a confeção de refeições especiais para os clientes habituais, explicou à agência Lusa fonte do gabinete de comunicação do hotel. As encomendas dos almoços de Páscoa devem ser feitas até 72 horas e têm de ser levantadas até à meia-noite de domingo "com toda a segurança".

A iniciativa do hotel da Sonae Capital, destinada "apenas a quem está no concelho do Porto", surge pelo facto de a unidade ter disponibilizado 70 quartos para profissionais de saúde que estão de serviço no combate à Covid-19 nos hospitais do Porto.

Na ementa, constam alguns dos pratos típicos da celebração da época, como cabrito assado, barriga de leitão assada, bacalhau com crosta de broa de milho e azeitona e garoupa assada com legumes.

O hotel Vila Galé Porto, que também está a acolher médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, está a receber encomendas até ao dia de hoje dos menús Páscoa 2020 disponíveis para "take-away". Devido às medidas de contingência, a oferta dirige-se também só aos residentes do concelho.

As encomendas de "bacalhau assado com bróculos, cenoura e batatinhas", "cabrito assado com grelos" e a "aletria com canela" devem ser levantadas entre as 10 e as 14 horas de 12 de abril.

O presidente da Associação Portuguesa de Hotelaria Restauração e Turismo revelou, na passada semana, que 95% do setor hoteleiro fechou devido à pandemia, que provocou mais de 13 mil infetados em Portugal e 409 vítimas mortais.