Coronavírus

ICBAS e Faculdade de Farmácia do Porto fechados até 20 de março

ICBAS e Faculdade de Farmácia do Porto fechados até 20 de março

As instalações partilhadas do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) vão permanecer encerradas até 20 de março.

Em comunicado divulgado horas depois de nova reunião com as autoridades de saúde e um dia após o anúncio pelo Ministério da Saúde de que o complexo das duas escolas seria encerrado devido à deteção de um caso positivo de coronavírus entre a comunidade escolar, a Universidade do Porto (UP) refere que todas as atividades letivas do ICBAS e da FFUP ficam suspensas, "independentemente do local onde ocorram".

PUB

"Todas as restantes instalações da Universidade do Porto (incluindo aquelas que são frequentadas por membros da FFUP e ICBAS) manter-se-ão abertas e em atividade regular por indicação das autoridades de saúde", acrescenta a UP no comunicado.

A Universidade do Porto salienta que estão a ser contactadas todas as pessoas que estiveram expostas diretamente à pessoa infetada com o novo coronavírus - desde colegas de turma a docentes e assistentes - "para que se remetam a um isolamento profilático nas suas residências".

A UP realça que "todos os restantes estudantes, docentes, investigadores, colaboradores e demais utilizadores do complexo ICBAS/FFUP - habituais ou esporádicos - são categorizados pelas autoridades de saúde como contactos casuais e não necessitam de se remeter a isolamento profilático", recomendando apenas a "autovigilância de sintomas, nomeadamente através da medição de temperatura corporal duas vezes por dia, e restrição dos contactos sociais".

O polo de Vairão do ICBAS, em Vila do Conde, não está abrangido pelo encerramento decretado.

O caso confirmado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) é o de uma aluna "com ligação direta a um outro caso externo à Universidade do Porto, que havia sido diagnosticado após o regresso de uma viagem a Itália", esclareceu a universidade, no sábado.

Segundo a instituição de ensino superior, a estudante "encontra-se bem e em tratamento no Centro Hospitalar Universitário de S. João".

Portugal regista 30 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19. Estão sob vigilância das autoridades de saúde 447 pessoas por contactos com infetados.

Todos os pacientes com o novo coronavírus estão hospitalizados. Do total de doentes, 18 são homens e 12 são mulheres.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou cerca de 3.800 mortos entre mais de 109 mil pessoas infetadas numa centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, cerca de 60 mil já recuperaram.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG