Porto

11 500 crianças distribuíram abraços no Parque Oriental

11 500 crianças distribuíram abraços no Parque Oriental

O Parque Oriental da cidade do Porto recebeu, esta quarta-feira, 11500 alunos de Educação Moral Religiosa de vários agrupamentos de escolas do norte do país. O músico Fernando Daniel animou a tarde.

O Parque Oriental da cidade do Porto foi esta quarta-feira palco da 16.ª edição do encontro anual de alunos de Educação Moral Religiosa. "Trata-se de premiar os alunos que escolhem a disciplina abdincando de uma hora de intervalo. Também estão aqui presentes outras escolas de outras dioceses como Baião, Braga, Barcelos Ovar, Espinho... O obejtivo é promover o convívio e estar próximo uns dos outros", explicou ao JN António Madureira, professor e atual coordenador dos professores da disciplina pertencentes à diocese do Porto e membro da organização do evento.

A diocese do Porto conta com 143 agrupamentos dos quais 87 estiveram presentes na iniciativa que decorreu sob o lema "Faz-te mais próximo". "O convívio é importante e sobretudo a interação entre as escolas e as crianças de diversas idades. O facto de desenvolverem os valores fundamentais tais como a solidariedade, o respeito, entre outros.... Tudo contribui para a aprendizagem e para um convívio saudável. É uma oportunidade única, só têm de aproveitar por estar aqui", explicou Gustavo Cabral, professor da disciplina.

O convívio aconteceu pela primeira vez no Parque Oriental da Cidade do Porto, com muita alegria, música e abraços. O músico Fernando Daniel, que ganhou a 4ª edição do programa "The Voice" em 2016, atuou para os alunos que puderam participar em atividades desportivas, brincar em insufláveis, dançar. Acima de tudo, estar próximos uns dos outros.

"Gostei muito, conheci muitas pessoas novas e andei a dar abraços grátis a mais de mil pessoas", contou Gonçalo Prucha, de 13 anos, aluno da Escola Básica Infanta D.Mafalda. "Foi um convívio agradável... Pude falar com muitas outras pessoas do distrito, brincar e fazer a atividade 'free hugs', que é dar abraços a pessoas que não conhecemos", explicou Pedro Silva, de 12 anos, aluno da mesma escola.

ver mais vídeos