Porto

Associação Pró-Cânhamo apresenta-se na feira CannaDouro na Alfândega

Associação Pró-Cânhamo apresenta-se na feira CannaDouro na Alfândega

A Feira Internacional de Cânhamo do Douro 2018 realiza-se nos dias 17 e 18, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, com um programa de debates e exposições sobre as múltiplas utilizações desta planta, mais conhecida como canábis.

Empresas nacionais e internacionais vão marcar presença na segunda edição da CannaDouro para apresentar modelos de negócio inovadores sobre os atuais usos da canábis.

Haverá também conferências para promover o debate público em torno das diferentes utilizações desta planta versátil: industrial, recreativa e medicinal.

Destaque ainda para a apresentação da Associação Pró-Cânhamo, cujo objetivo é o desenvolvimento do cultivo de cânhamo em Portugal, dando voz aos produtores já instalados e apoio a quem tenha interesse em dedicar-se a esta cultura.

Uma das preocupações dos atuais produtores está relacionada com a recente legalização da canábis medicinal em Portugal, a 15 de junho. João Carvalho, da organização do CannaDouro, explica porquê: "O modelo que aparentemente apenas concede às grandes empresas a possibilidade de produção e venda exclusiva nas farmácias, está a deixar ainda mais apreensivos os pequenos produtores de cânhamo e os pacientes que até aqui se abasteciam nas grow-shops e ervanárias da sua zona de residência. E como sabemos, a incerteza não é boa para o negócio, nem para a economia", defende, numa nota enviada à Imprensa.

O CannaDouro 2018 acontece nos dias 17 e 18 de novembro, entre as 11 horas e as 20 horas no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. Os bilhetes têm um custo diário de 5 euros.

ver mais vídeos