Aviação

Aumentam colisões com aves junto ao Sá Carneiro

Aumentam colisões com aves junto ao Sá Carneiro

Os incidentes são mais frequentes durante a aterragem e a descolagem. Aeroportos recorrem a técnicas mitigadoras para manter os pássaros longe das pistas e dos aviões.

Na última semana, um avião teve de efetuar uma aterragem de emergência no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, devido a falhas no motor após ter colidido com aves. Em 2018, foram notificadas 116 colisões de aviões com aves ("birdstrikes") na zona do Porto.

Um número que tem vindo a crescer nos últimos três anos, mas que não representa um aumento nos acidentes. Para evitar que isto aconteça no seu espaço aéreo, o aeroporto recorre a várias técnicas para manter as aves mais atrevidas longe dos aviões.

Leia mais na edição impressa ou versão epaper.