Incêndio

Fogo que destruiu prédio no Porto reacende e danifica edifício contíguo

Fogo que destruiu prédio no Porto reacende e danifica edifício contíguo

Um incêndio que destruiu, na quarta-feira, um edifício no Centro Histórico do Porto reacendeu, esta quinta-feira madrugada, e propagou-se a um prédio contíguo, que ficou parcialmente destruído.

Segundo disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto à agência Lusa, as chamas causaram danos nos terceiro e quarto andares de um edifício devoluto na Rua Nova da Alfândega, não causando nenhuma vítima.

O alerta para o fogo desta quarta-feira foi dado às 5.44 horas, e estava, pelas 11 horas, a ser combatido por 24 bombeiros dos Sapadores do Porto, apoiados por sete viaturas.

A mesma fonte confirmou que o edifício hoje danificado fica ao lado do prédio de quatro pisos - inabitado, mas com uma mercearia no rés-do-chão - que ficou destruído na madrugada de quarta-feira, na sequência de um incêndio. A Polícia Judiciária esteve nesse edifício, projetado para ser um hostel, e apurou que as chamas começaram devido a um problema elétrico, considerando não existirem vestígios de "situação dolosa".