Porto

INEM assistiu 158 pessoas nos dois dias da Red Bull Air Race

INEM assistiu 158 pessoas nos dois dias da Red Bull Air Race

O INEM socorreu 158 pessoas, 20 das quais foram conduzidas ao hospital, no decorrer dos dois dias da Red Bull Air Race, que este domingo terminou no Porto.

Seiscentas mil pessoas assistiram ao segundo dia de provas, contra 250 mil no sábado, e era provável um aumento número de ocorrências médicas por insolação, mas "o facto de a temperatura ter baixado diminuiu o número de casos", explicou António Táboas, diretor regional do Norte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Tal como no primeiro dia, hoje voltou a ser conduzida ao hospital uma pessoa que sofreu uma queda, "noutro caso grave, mas sem risco de vida", acrescentou António Táboas.

O comandante operacional distrital de operações de socorro do Porto, Rodrigues Alves, informou que dez entidades estiveram envolvidas no esquema de segurança montado para o período em que decorreu o evento, num total de 1049 efetivos e 281 veículos.

A prova, que decorreu num circuito desenhado no rio Douro (no Porto e em Vila Nova de Gaia), terminou com a vitória do piloto checo Martin Sonka, na Master Class, enquanto o norte-americano Kevin Coleman foi o mais rápido na Challenger Class.