Cooperação

Investimentos reforçam laços entre Porto e Macau

Investimentos reforçam laços entre Porto e Macau

Chefe do Governo de Macau recebe Chaves da Cidade. KNJ apresenta projetos para a Invicta e Vila Nova de Gaia.

O Porto e Macau reforçaram os laços e as relações diplomáticas através da assinatura de um memorando de entendimento e cooperação. No âmbito da visita à Invicta de Fernando Chui Sai-on, chefe do Governo da Região de Macau, a empresa KNJ Investment Limited apresentou investimentos no valor de 70 milhões em projetos de diferentes áreas no Porto e Gaia. O setor imobiliário é a principal aposta.

Kevin Ho, sócio da empresa macaense e acionista da Global Media Group, que detém, entre outros, JN, DN, TSF e O Jogo, justificou a escolha do Norte de Portugal pela familiaridade com as pessoas. "É óbvio para Macau que se for para investir fora do país, investimos em lugares que conhecemos. Nos últimos quatro anos, a economia de Portugal tem crescido e isso dá-nos ainda mais confiança", garantiu o empresário.

O acionista da KNJ, que te apostado no mercado da língua portuguesa, revelou ainda a intenção de expandir o negócio para outros pontos do país: "Sendo a capital, Lisboa estará definitivamente no nosso radar ".

A divulgação foi feita durante uma cerimónia de apresentação dos primeiros projetos da empresa em Portugal, que além de Fernando Chui Sai-on e de Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, contou, entre outras personalidades, com o presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues. "Teremos projetos muito ancorados na inovação com a lógica das incubadoras de empresas presente. Queremos colocar Gaia no centro desta relação com Portugal, que é histórica", afirmou o autarca.

Fernando Chui Sai-on foi recebido esta sexta-feira de manhã nos Paços do Concelho do Porto, onde assinou um memorando de cooperação em diversas áreas e recebeu as Chaves da Cidade.

Rui Moreira, destacou o "papel importante" do Porto e de Macau nas "relações diplomáticas entre Portugal e a China", sendo este memorando "um literal esforço" e "uma declaração concreta da enorme vontade de fazer ainda mais".

Fernando Chui Sai-on realçou a importância do programa "Uma faixa, Uma rota" estabelecido pela Fundação Macau, que promove a aprendizagem e a troca de conhecimentos entre instituições do ensino superior.