Porto

Os melhores pais natais são poucos e caros

Os melhores pais natais são poucos e caros

Um bom Pai Natal pode ganhar, no único mês em que trabalha por ano, o equivalente a três ou quatro salários mínimos.

Não há falta de candidatos, mas poucos cumprem os requisitos físicos ou de personalidade de clientes cada vez mais exigentes. Os bons têm colocação garantida ano após ano.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui