Câmara do Porto

Pavilhão Rosa Mota vai ser entregue ao consórcio "Porto 100% Porto"

Pavilhão Rosa Mota vai ser entregue ao consórcio "Porto 100% Porto"

A Câmara do Porto aprovou esta terça-feira, com o voto contra da CDU, entregar a reabilitação e gestão do Pavilhão Rosa Mota ao consórcio "Porto 100% Porto", que numa primeira fase foi excluído do concurso mas contestou judicialmente a decisão.

Na reunião camarária pública, o vereador do PSD Ricardo Almeida notou que "o júri do concurso teve duas decisões diferentes sobre a mesma proposta" do consórcio, ao passo que o vereador da CDU, Pedro Carvalho, destacou a "contradição" de aprovar uma candidatura que, antes, "nem cumpria os requisitos para ser avaliada".

O presidente da Câmara, Rui Moreira (independente) disse estar em causa uma decisão judicial que obrigava o júri a avaliar as propostas, lembrando ter desistido do recurso dessa sentença devido às "gravíssimas consequências" que a batalha judicial podia ter para a autarquia, devido a eventuais "providências cautelares ou indemnizações".

ver mais vídeos