Porto

PS/Porto apoia recandidatura de Rui Moreira

PS/Porto apoia recandidatura de Rui Moreira

A concelhia do PS/Porto aprovou por unanimidade e aclamação o apoio à recandidatura do atual presidente da Câmara do Porto, o independente Rui Moreira, às eleições autárquicas de 2017.

"De forma transparente e limpa, o que dizemos é que gostamos e estamos contentes com o que está a ser feito, que nos revemos no trabalho deste executivo e que queremos dar continuidade ao acordo pós-eleitoral concretizado nas autárquicas de 2013", afirmou Tiago Barbosa Ribeiro no final da reunião da comissão política concelhia.

O socialista realçou que esta decisão do PS é "inequívoca" e que seria "estranho" que o partido de "um momento para o outro" anulasse e esquecesse o "bom" trabalho que está a ser feito na cidade do Porto e fizesse oposição àquilo para o qual também contribui.

"O PS também participa na gestão autárquica e revê-se na estratégia adotada para o Porto, daí esta decisão", frisou.

Tiago Barbosa Ribeiro vincou que esta opção é o plano A e não o plano B e que o PS, ao mostrar que está totalmente unido à volta desta estratégia, demonstra que está forte.

E acrescentou: "existe uma unanimidade que nem é comum".

A reunião, que demorou mais de duas horas, foi "muito participada" e contou com todos os autarcas da cidade e com todos os principais dirigentes políticos do PS, revelou.

O PS tem um acordo político com Rui Moreira, realizado após as autárquicas de 2013 que o independente venceu e nas quais o PS ficou em segundo lugar.

"Com esse acordo e o trabalho que dele resultou, envolvendo vários eleitos do PS nos diferentes órgãos municipais, o PS demonstrou que coloca sempre os interesses da cidade em primeiro lugar", lê-se no documento de Orientação Estratégica do PS Porto para as eleições autárquicas de 2017.

Ao longo deste mandato, o partido tem vindo a honrar de forma "escrupulosa e leal" o acordo que celebrou e, nesse sentido, a atual direção da concelhia garantiu "expressamente" o apoio ao acordo em vigor e o envolvimento "atempado" das suas estruturas, referiu.

"A avaliação do mandato até à data é inequivocamente positiva e honra os melhores pergaminhos de uma cidade plural e liderante sob a presidência de Rui Moreira, para a qual nos orgulhámos de poder dar o nosso contributo", sublinhou.

O documento refere ainda que a ação política não se esgota no trabalho autárquico, motivo pelo qual o PS/Porto tem mantido um "elevado dinamismo" de ações, debates, campanhas e posições públicas onde reconhece e acompanha o papel da Câmara do Porto.

"São disso exemplo o papel da TAP e do aeroporto do Porto, os fundos comunitários, os transportes metropolitanos e as águas", ressalvou.

Conteúdo Patrocinado