Porto

Quartel do Monte Pedral vai ter 400 casas e uma residência universitária

Quartel do Monte Pedral vai ter 400 casas e uma residência universitária

Governo devolveu esta quinta-feira o quartel do Monte Pedral à Câmara do Porto, libertando terrenos para o novo programa de habitações com rendas acessíveis que Rui Moreira apresentou esta quinta-feira.

O quartel de Monte Pedral vai dar lugar a um empreendimento de habitação com arrendamento acessível e a uma residência universitária, anunciou hoje o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.

A devolução, aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, deve-se ao facto de já não ser dado o uso que justificou a cedência de duas parcelas ao Ministério da Guerra, no início do século XX, para construção e instalação de um quartel de cavalaria. Totalizam cerca de 25 mil metros quadrados.

"400 casas para a classe média"

Aprovada pelo Município a 27 de novembro, a Autarquia instou o Governo "a mandar desocupar as instalações", devolvendo "até final do ano" ao Município o espaço entre as ruas da Constituição, Serpa Pinto e Egas Moniz, nota que "permitirá o desenvolvimento de um projeto que comporte a construção de até 400 habitações que a Câmara pretende colocar no mercado a renda acessível e destinada à classe média". "A Câmara possui património limitado para poder desenvolver os seus projetos, nomeadamente os referentes à política de habitação destinada ao arrendamento acessível", justificou. E disse ainda ser "evidente o estado de abandono das instalações".

Imobusiness