Premium

Sindicato acusa: "Houve negligência grosseira. A grua já não devia operar"

Sindicato acusa: "Houve negligência grosseira. A grua já não devia operar"

Negligência é a razão apontada por Albano Ribeiro, presidente do Sindicato da Construção Civil do Norte, para a queda da grua na Rua da Corticeira, nas Fontainhas, no Porto, sobre nove casas.

"Poderia ter sido evitada. Houve negligência grosseira. A grua já não devia operar", afirmou o sindicalista, referindo-se ao segundo acidente em pouco mais de dois meses com um equipamento da mesma empresa.