Premium

Torres de vigilância reforçam segurança na Queima das Fitas

Torres de vigilância reforçam segurança na Queima das Fitas

Estruturas com quatro metros de altura vão permitir monitorizar as zonas de visibilidade reduzida.

A Queima das Fitas vai ter este ano segurança reforçada. Seis torres de vigilância com quatro metros de altura estarão espalhadas pelo queimódromo, junto ao Parque da Cidade, permitindo à Federação Académica do Porto (FAP) monitorizar as zonas de visibilidade reduzida e controlar todas as ocorrências no recinto. Haverá, ainda, um posto montado para a PSP e para a SPDE, a empresa privada contratada pela FAP.

A segurança representa 28% do orçamento para a festa académica que no total custa "entre um e dois milhões de euros". A maior fatia - cerca de 40% -, é gasta na contratação de artistas.

Imobusiness