Premium

Vende a sorte nas ruas do Porto há 36 anos

Vende a sorte nas ruas do Porto há 36 anos

É mais conhecido por Flávio. Foi assim que apelidaram o único cauteleiro que ainda vende diariamente nas ruas do Porto.

Quem passa na Rua de Sampaio Bruno, junto à estação de São Bento, já sabe que a sorte vai ser anunciada. "Lotaria da sorte grande, olha o 18", entoa rua acima.

A sexta-feira é um dia fraco, o Placard e a raspadinha vieram roubar a clientela, mas ainda assim o cauteleiro da Invicta não perde a energia na voz. "Há cada vez menos pessoas a jogar na lotaria, preferem jogar na raspadinha porque é instantâneo. Na lotaria têm de esperar um dia ou dois para saber o resultado", explica.