O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Investidos 11,4 milhões de euros para melhorar condições dos animais no Grande Porto

Investidos 11,4 milhões de euros para melhorar condições dos animais no Grande Porto

Câmaras da Área Metropolitana do Porto lutam contra a sobrelotação dos centros de recolha. Neste ano, já foram entregues para adoção 1641 cães e gatos.

Desde o início do ano, os 17 concelhos da Área Metropolitana do Porto (AMP) já entregaram para adoção 1641 animais. Um trabalho essencial para a rotina dos centros de recolha, dado que a maioria vive sobrelotada, fruto de um crescente abandono na via pública e da entrega de animais pelos próprios donos. Por outro lado, a lei que proíbe o abate também obrigou os municípios a criarem melhores condições para receber cães e gatos. Prova disso é o investimento já feito em alguns concelhos da AMP, a rondar os 4,5 milhões de euros. E estão previsto mais 6,9 milhões para novos espaços e para melhorar outros já existentes.

Porto e Gaia foram dos primeiros concelhos a investir em projetos de raiz, com obras a custar 1,7 e 1,3 milhões de euros, respetivamente. Mas ainda que tenham novas instalações para receber cães e gatos, o número de alojamentos não "estica" e todos os dias faz-se uma verdadeira "ginástica" para conseguir acolher todos os que chegam.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG