Exclusivo

Lojas de recordações: "Passo a passo, as coisas vão voltando à normalidade"

Lojas de recordações: "Passo a passo, as coisas vão voltando à normalidade"

O aumento dos turistas trouxe de volta o movimento aos estabelecimentos de recordações.

Quem caminhar pelas ruas do Porto facilmente constata o que salta à vista de todos: o turismo em massa está de volta em força. E com ele o movimento das lojas de recordações, onde (quase) tudo relacionado com a cidade se vende.

Os comerciantes do ramo confirmam que os piores dias ficaram para trás e regozijam-se com o retorno da azáfama do antigamente, que a pandemia destruiu e fez temer pelo futuro. Mas com os visitantes de novo em grande no Porto, há razão para sorrir. "O negócio recuperou mais de 50%", confirma Habebur Rohaman, do Bazar Bangla, situado em local privilegiado, mesmo em frente à Estação de São Bento, onde todos os dias desaguam multidões de estrangeiros das mais variadas nacionalidades. Chamarizes para compras que agora se vão fazendo com mais frequência. "O impacto do turismo é bem evidente", acrescenta o lojista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG