O Jogo ao Vivo

Arte

Mais de 700 peças de figurado de Barcelos doadas à Universidade do Porto

Mais de 700 peças de figurado de Barcelos doadas à Universidade do Porto

São mais de 700 as peças das duas "mais importantes coleções" de figurado de Barcelos que foram, durante esta quarta-feira, doadas à Universidade do Porto (UP). As peças irão juntar-se à atual Olaria Nacional do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

De uma antiga paixão de Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez, que nasceu em meados de 1960, resultam duas das "mais importantes e extensas coleções de figurado de Barcelos do país", adianta António de Sousa Pereira, reitor da UP.

"Bichos de esgares macabros", "santos despojados de ornamentos supérfluos" e "representações da vida quotidiana" são alguns dos vários elementos que dão corpo a estas duas coleções doadas ao Museu de História Natural e da Ciência da UP, durante a manhã desta quarta-feira.

"Quero continuar a doar para a UP", menciona Alexandre. O figurado de Barcelos revelou ser, para o colecionador, "uma riqueza espantosa do ponto de vista formal e etnográfico" e, para ele, "não faz qualquer sentido estarem em casa onde ninguém as vê", explicando, desta forma, o motivo da doação das peças.

Nota-se o fascínio pelas peças nos olhares dos dois colecionadores que as compravam ainda por pintar e inacabadas, "era melhor comprá-las assim do que depois vir alguém e ficar com elas em vez de nós" justificam. Não deixaram de realçar que, mesmo sendo amigos e de colecionarem juntos "havia uma certa concorrência" entre os dois na aquisição dos figurados.

O reitor da Universidade do Porto expressou o agradecimento perante toda aquela "grandiosa doação": "é um grande dia para a UP por receber estes presentes que irão enriquecer o património etnográfico do Museu de História Natural e da Ciência".

Ambos os colecionadores (Alexandre e Sérgio) foram alunos da Universidade e o reitor não deixou passar isso em vão: "Mesmo estando aqui as peças, esta foi e sempre será a vossa casa" convidando, desta forma, os dois a comparecer sempre que sentissem saudades das peças doadas. As palavras de António foram acompanhadas pelo sorriso dos colecionadores.

PUB

A apresentação pública das coleções será feita através de uma exposição que será inaugurada no primeiro trimestre de 2023 apresentada por Isabel Fernandes, ex-diretora do Museu de Olaria de Barcelos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG