Desporto

Maratona do Porto condiciona trânsito e estacionamento até domingo

Maratona do Porto condiciona trânsito e estacionamento até domingo

A 17.ª edição da EDP Maratona do Porto, que vai atravessar Porto e Matosinhos, vai provocar, até domingo, condicionamentos de trânsito e de estacionamento em várias zonas da cidade do Porto, informaram, esta sexta-feira, a autarquia e a PSP.

A partir desta sexta-feira, e até domingo, dia em que se realiza a prova, a Avenida do Parque terá o estacionamento condicionado, em ambos os lados, e o corte total de trânsito (exceto acesso a garagens por moradores) da meia-noite de sábado, às 17 horas de domingo, indica a autarquia numa nota na sua página oficial.

No dia da prova, haverá ainda condicionamentos de trânsito com corte total de via da meia-noite às 17 horas de domingo na Via do Castelo do Queijo, no troço compreendido entre a Praça de Gonçalves Zarco e a Praça da Cidade do Salvador.

No mesmo dia, entre as 5 e as 15 horas, o estacionamento estará condicionado na Avenida da Boavista, em ambos os lados, no troço compreendido entre a Avenida do Parque e a Praça de Gonçalves Zarco. No mesmo período, informa o município, o trânsito na Avenida da Boavista, em ambos os lados, no troço compreendido entre a Rua de António Aroso e a Praça de Gonçalves Zarco, estará cortado.

Estará ainda em vigor o condicionamento de trânsito, com corte total de via das 8 e as 15 horas, na Praça de Gonçalves Zarco, Rua da Vilarinha (troço compreendido entre a Avenida do Parque e a Estrada da Circunvalação), Estrada da Circunvalação (troço compreendido entre a Rua da Vilarinha e a Praça da Cidade do Salvador), Praça da Cidade do Salvador, Avenida de Montevideu, Avenida do Brasil e Rua do Coronel Raúl Peres.

Este condicionamento aplica-se também à Esplanada do castelo (troço compreendido entre a Avenida de D. Carlos I e a Rua de D. Luís Filipe), Rua do Passeio Alegre, Rua de Sobreiras, Rua do Ouro, Alameda Basílio Teles, Viaduto do Cais das Pedras, Rua de Monchique, Rua Nova da Alfândega; Rua da Reboleira; Largo do Terreiro; Cais da Estiva; Cais da Ribeira; Avenida de Gustavo Eiffel; Avenida de Paiva Couceiro (troço compreendido entre a Avenida de Gustavo Eiffel e o entroncamento com a Rua de Sabrosa); Rua da Ribeira Negra; Túnel da Ribeira; Rua do Clube Fluvial Portuense e Rua do Infante D. Henrique.

PUB

Numa nota na sua página oficial, a Câmara do Porto informa ainda que devido à intervenção em curso no tabuleiro inferior da Ponte Luiz I, a cargo da Infraestruturas de Portugal, a Maratona do Porto terá um novo percurso, estando a meta instalada na Avenida do Parque, junto ao Parque da Cidade.

Por seu turno, em comunicado, a PSP refere que, durante o decorrer da prova, vai reforçar o policiamento nas áreas afetadas, bem como nas zonas circundantes.

A Maratona do Porto vai obrigar também à suspensão, do serviço dos elétricos das Linhas 1 e 22 no domingo de manhã, revelou hoje a STCP - Sociedade de Transportes Colectivos do Porto.

Em relação aos autocarros, a empresa informa que todas as linhas cujos percursos intersetam o percurso da prova têm desvios, encurtamentos ou mesmo suspensão parcial de serviço enquanto as vias estiverem impedidas à circulação automóvel.

Em causa estão desvios na zona da Foz de 15 linhas: 200, 202, 203, 205, 208, 403, 500, 501, 502, 504, 505, 506, 507, 601 e 900.

Dezenas de nacionalidades

A Maratona do Porto já conta com participantes inscritos de 57 nacionalidades. China, Japão, Nepal, Afeganistão, Irão, Angola, Etiópia, Argentina, Brasil, Itália, Alemanha e Austrália são alguns dos países que estarão representados na prova, que regressa às ruas depois de um interregno devido à pandemia.

A partida será às 9 horas, na Avenida do Parque, no Porto, também o local da chegada. Além da maratona propriamente dita, com 42 quilómetros de extensão, há a APO Family Race Corrida dos Ossos Saudáveis, com 10 quilómetros, e a Fun Race, caminhada de seis quilómetros destinada a toda a família e sem fins competitivos. A prova de 10 quilómetros integra uma vertente solidária, que servirá para angariação de fundos para a Associação Portuguesa de Osteoporose.

As inscrições online estão encerradas. No entanto, ainda é possível fazer a inscrição neste sábado, na Alfândega do Porto, entre as 10 e as 19 horas, para as provas de 42 e de seis quilómetros. A Corrida dos Ossos Saudáveis está esgotada.

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto está a receber os atletas da EDP Maratona do Porto e centenas de atletas já compareceram no espaço para levantar o seu dorsal e kit de participante, receber informações e ainda visitar os stands dedicados ao running ali existentes.

Para levantar o kit de participante, os atletas têm de cumprir um destes requisitos: apresentar um certificado digital covid-19 válido, um teste PCR negativo feito nas 72 horas anteriores ou um teste antigénio com resultado negativo feito nas 48 horas anteriores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG