Exclusivo

Mau uso de trotinetas já causou acidentes no Porto

Mau uso de trotinetas já causou acidentes no Porto

Veículos circulam e são abandonados no passeio. Moradores dizem ser "abalroados" por condutores a alta velocidade. Câmara do Porto e empresa garantem que há regras a cumprir.

Seja para circular ou estacionar as trotinetas elétricas partilhadas no Porto, muitos utilizadores dos equipamentos preferem os passeios à estrada, apesar de lá não ser permitido circular nem parar os veículos. Os moradores da Baixa da cidade dizem que os passeios se transformaram numa espécie de "jogo de obstáculos" e queixam-se, de igual modo, de serem "abalroados" por quem abusa na velocidade dos equipamentos. Os veículos, indevidamente parados nos passeios bloqueiam muitas vezes a passagem e já provocaram acidentes.

A má utilização soma-se à falta de civismo e José Silva, de 76 anos, já foi vítima desse comportamento. Ao tentar atravessar a rua entre a Praça da Trindade e a Rua do Dr. Ricardo Jorge, perto da Câmara do Porto, e enquanto observava os carros, que "passam naquela curva à tangente", José tropeçou numa trotineta parada no passeio: "Fiquei todo amassado e com o tornozelo e canelas feitas num oito. Isto é um inferno. Tem de haver regras".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG