Exclusivo

Mercado do Bolhão: "Já fui ver a minha banca, não escondi a emoção e chorei"

Mercado do Bolhão: "Já fui ver a minha banca, não escondi a emoção e chorei"

Mercado temporário do Bolhão encerra este sábado portas. Os comerciantes preparam agora a transferência para o antigo e emblemático edifício cuja requalificação durou quatro anos.

No mercado temporário do Bolhão começa-se a preparar a ansiada transferência. O que é para levar é encaixotado e tudo o resto de difícil conservação é doado. As bancas vão ficar vazias e as portas de acesso pelo centro comercial são hoje encerradas ao público. Na quinta-feira, abrirá o histórico e renovado edifício. O sentimento geral é de satisfação, mas dizem que há pormenores a ser ajustados. Algumas lojas do exterior e a restauração vão abrir mais tarde.

Amélia Babo vende pão no Bolhão há 35 anos e herdou o espaço da mãe. Nos últimos meses têm contado os dias de regresso. "O meu espaço está bonito e nem precisava de uma área tão grande. Só faço um reparo: não vou ter muita privacidade. Mas será sempre melhor do que aqui. O Bolhão é a nossa casa, apesar de aqui nos terem dado todas as condições para trabalhar", afirma a comerciante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG