Exclusivo

Metro do Porto viaja à cidade do século XVII

Metro do Porto viaja à cidade do século XVII

Em pleno centro da cidade do Porto, na obra da Linha Rosa, foi feita uma descoberta arqueológica, datada do século XVII. O que resta da antiga Fonte da Natividade, na Praça da Liberdade, vai ser catalogado e desmontado pela empresa Metro do Porto. Depois será reinstalado numa estação ou num jardim da futura linha que ligará a Estação de São Bento à Casa da Música.

Existiam registos documentais, mas não se sabia ao certo o que seria encontrado. As obras na Praça da Liberdade levaram à descoberta do que resta da antiga Fonte da Natividade. O paramento está em boas condições.

Será catalogado e desmontado. O plano passa, depois, pela reinstalação numa estação da nova linha. Ou a transposição para os jardins do Carregal ou de Sophia (Praça da Galiza). Tiago Braga, presidente da Empresa do Metro, prefere a opção do ar livre.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG